quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Conclusão



Sentamos na mesa, com bobagens e até risos
depois, como um relâmpago de frio, uma intensa discussão começamos a travar.

Nunca se sabe quem é o certo nessas horas
Nem ao menos sabe realmente o motivo
Mas ambos os lados não se calaram, constantemente participam, defendendo-se de nada.

Até que entre cansaço e raiva, por instantes, as lágrimas saem com as palavras.
Foi a pior cena que senti.
Ver a proporção se formular na minha frente
Foi a prova concreta, de que eu não tinha noção do momento.

Esse momento se pendurou, por horas e horas...

O choro já era incontrolável, tudo era triste.
O que fazer quando achamos que um piscar de olhos pode piorar tudo?

Resolvi, esperei, controlei e evitei.
Sentimentos se sobressaíram, e apesar de tudo o que foi dito, continuar sofrendo nunca é uma boa escolha para quem se ama, e umas das certezas que eu conheci nessa minha vida, é que sempre vou te amar.  

2 comentários:

Alexandre disse...

;) seguindo tbm.!

gostei do espaço, espero ser bem-vindo, meus comentarios são um pouco malvados..rsrs
bjo pati!

seymour disse...

Passou, passou
Um dia eu me conformo
e paro de me culpar
Passou, acabou
Sabe quando você sente que não vale mais a pena lutar?
Se não deu certo com a gente, acho que nunca vai dar

Passou, passou
Um dia eu me acostumo
e paro de te importunar
Passou, acabou
Sabe quando você sente que não vale mais a pena lutar?
Se não deu certo com a gente, acho que nunca vai dar

Prometo que eu não demoro
quando eu estiver pronto, eu te aviso
Se bem que eu não me incomodo
pode ir agora que eu já não ligo
Só vê se não esqueceu nada
e vê se não volta mais
Enquanto eu não me recobro,
enquanto eu não estiver bem, em paz

A cama ficou espaçosa
nosso quarto ficou mais frio
A casa, silenciosa,
não me serve mais como abrigo
E foi consensual
nós nem sequer discutimos
Tudo tão civilizado
nem parecia comigo

Nossos amigos ainda questionam o que foi dessa vez
qual a gota d’água, como eu consegui
afastar você de mim

Deve haver em tudo isso alguma lição
algo a ser aprendido, uma compensação
para o quanto nós nos ferimos

Passou, passou
Um dia eu me conformo
e paro de te culpar
Passou, acabou
Sabe quando você sente que não vale mais a pena lutar?
Se não deu certo com a gente, acho que nunca vai dar