quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Vai

Larga toda essa mágoa.
Quem consegue mais viver disso?
Não é sustentável, são apenas desculpas.
É uma grande desculpa fingir.
É a maneira certa de  fugir de si mesmo.
Então, não finja mágoas.
Segure minhas mãos, meus olhos, minhas palavras.
Estamos livres demais para sofrer.
E o pior, sofrer por engano, por dor.
Venha, a vida  são estradas.
Quero escolher uma e seguir com você.
Seremos fortes o bastante, para enfrentar o nosso ‘eu’ e o mundo.
Olhe em volta, temos o bastante para isso.


Um comentário:

TanyLe disse...

Fluente.
Pragmático. Interessante...

:)

muito prazer.
http://sou-poetiques.blogspot.com/

bejO!